6 min. de leitura

No dia 13 de julho comemora-se o Dia Mundial do Rock. A data foi estabelecida a partir de 1985, quando foi realizado o festival Live Aid, promovido pelos músicos britânicos Bob Geldof e Midge Ure.

Os concertos, que tinham o objetivo de arrecadar recursos para combater a fome na África, foram realizados na Inglaterra e nos EUA, e reuniram alguns dos nomes mais importantes do gênero musical: Queen, David Bowie, U2, Led Zeppelin, Paul McCartney e Phil Collins foram alguns dos talentos que marcaram presença no festival.

Para celebrar essa data em grande estilo, que tal aprender como são as etapas de produção de um videoclipe? Entre no ritmo e continue a leitura para saber mais!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

As etapas de produção de um videoclipe

Um videoclipe ganha vida através da colaboração de diversas pessoas: desde produtores, cinegrafistas, operadores de áudio, diretores, roteiristas, editores, ilustradores e, é claro, atores e/ou os próprios músicos, que costumam contribuir com as ideias visuais para suas canções.

Confira algumas das principais etapas para que os sons incríveis compostos por bandas de rock se transformem em vídeos de tirar o fôlego:

Planejamento

O planejamento de um videoclipe envolve uma série de questões, que vão desde o orçamento disponível para as gravações, a definição de um briefing para que seja escrito um roteiro e, ainda, o desenho de um storyboard. Ele é necessário para deixar mais clara a forma como as cenas serão realizadas na tela (incluindo detalhes de cenário, figurino, locações, cores, luz, edição e, até mesmo, efeitos especiais).

Além disso, é necessário formar a equipe que trabalhará no vídeo, desde o diretor até o roteirista, passando pelo diretor de fotografia, equipe de som e elétrica, e também um editor que tenha experiência e capacidade técnica para realizar um bom trabalho. Se o vídeo for uma animação, a contratação de desenhistas, arte-finalistas e outros profissionais é necessária.

Os atores também não podem ser esquecidos. Imagine um clipe como “No Rain”, da banda Blind Melon — neste exemplo, foi necessário contratar uma atriz mirim, para interpretar a icônica garotinha fantasiada de abelha. Aliás, um produtor responsável por providenciar a fantasia, com o auxílio de um figurinista, também fazia parte do time.

Gravação

dia mundial do rock veja como um videoclipe e produzido 1b dumela filmes - Dia mundial do rock: veja como um videoclipe é produzido!

É possível extrair um ótimo videoclipe a partir de um show.

A gravação é o momento em que os atores do videoclipe estarão reunidos em um local para registrarem suas performances diante da câmera. Dependendo do roteiro, nem sempre a banda está presente nas gravações.

Geralmente, quando os músicos não aparecem, é porque o vídeo não tem imagens captadas. Nesse caso, o clipe é feito em animação, como o clássico “Do The Evolution”, do Pearl Jam, com arte de Todd McFarlane (desenhista criador do super-herói Spawn), ou “Fell In Love With a Girl”, do White Stripes, dirigido por Michel Gondry, feito inteiramente a partir de peças de Lego gravadas com a técnica stop-motion.

Montagem e pós-produção

A montagem e a pós-produção ocorrem após a captação das cenas nas gravações. A partir do roteiro, as imagens são editadas em sequência, garantindo que a música esteja sincronizada com a ação da banda enquanto os músicos tocam seus instrumentos e cantam.

Videoclipes clássicos para o Dia Mundial do Rock

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o processo de gravação de um videoclipe, que tal aproveitar a data para curtir alguns dos sons mais clássicos da história do rock? Aproveite para aprender um pouco mais sobre os bastidores de clipes que marcaram época.

cta orcamento1 - Dia mundial do rock: veja como um videoclipe é produzido!Powered by Rock Convert

Nirvana — “Smells Like Teen Spirit”

A ideia para o vídeo surgiu da mente de Kurt Cobain (guitarrista e vocalista da banda), que queria transportar o conceito de rebelião adolescente da canção para o ambiente de uma escola, em que os alunos invadiam uma quadra de basquete. Os jovens que aparecem no vídeo foram recrutados por meio de um anúncio feito pelo fã clube do trio de Seattle.

O clipe foi o primeiro trabalho do diretor Samuel Bayer, que mais adiante dirigiu outros vídeos clássicos como “Until It Sleeps”, do Metallica, “American Idiot”, do Green Day, e “Zombie”, dos Cranberries, entre outros.

Guns N’ Roses — “November Rain”

Uma superprodução digna de um longa-metragem, o vídeo do Guns tem ideias para todos os gostos: casamento do vocalista Axl Rose, solo de guitarra de Slash na beira da praia e muito mais.

The Beatles — “Paperback Writer”

Nos anos 60, cansados de ir às emissoras de TV constantemente para promover suas músicas, os Beatles decidiram fazer seus próprios vídeos e distribuir as imagens para as redes. Os primeiros foram “Paperback Writer” e “Rain”, seguidos por “Penny Lane” e outros clipes que se tornaram clássicos do rock.

The Buggles — “Video Killed the Radio Star”

A MTV foi a grande promotora de videoclipes nos anos 80 e 90 — fazendo um papel que hoje cabe ao YouTube. O primeiro clipe transmitido pela emissora quando entrou no ar nos EUA, em 1981, foi “Video Killed the Radio Star”, da banda The Buggles.

Marina Lima — “Garota de Ipanema”

A MTV só chegou ao Brasil em 1990, e o primeiro vídeo transmitido pela versão tupiniquim da rede norte-americana foi da cantora Marina Lima. Embora sua carreira, até o momento, estivesse mais voltada ao rock nacional, a música escolhida foi sua versão trip-hop para “Garota de Ipanema”, dos mestres da bossa-nova Tom Jobim e Vinícius de Moraes.

Gostou do artigo? Continue curtindo o Dia Mundial do Rock e aproveite para seguir a gente nas redes sociais. Estamos no Facebook, Vimeo, Pinterest, YouTube e Instagram.

Somos uma produtora de Vídeo moderna, dinâmica e completa. Temos paixão pela arte de contar estórias, transmitir mensagens e criar conteúdos em vídeo. Vem produzir com a gente. 

Falar com um consultor

Dumela Filmes
Rua Caldas Novas, 50
Barueri/SP